Quatro passos para aumentar o tráfego orgânico do seu site

Tráfego orgânico é um tópico que definitivamente merece a sua atenção. Estatísticas apontam que cerca de 83% dos cliques orgânicos vão para os quatro primeiros resultados das buscas. Então para que seu site atraia ainda mais visitas, conheça essas três estratégias, aumente o tráfego orgânico do seu site e melhore seu rankeamento no Google.

  1. Entenda porque o conteúdo é rei

É essencial que o seu conteúdo atraia as pessoas, oferecendo conteúdo novo e único. Não há como ter benefícios das redes sociais sem investir em conteúdo de qualidade. Você não vai conseguir visibilidade a não ser que ofereça o que as pessoas querem. Para atingir esse nível, é necessária a criação de uma estratégia de conteúdo.

  1. Adote uma estratégia de cinco pontos para a criação de conteúdo

  • Faça uma pesquisa de palavras-chave: palavras-chave são uma parte importante da categorização do seu site, estabelecendo os termos certos para que as pessoas encontrem seu conteúdo.
  • Produza conteúdo longo: atualmente, o Google está preferindo conteúdo mais longo e detalhado, que está rankeando melhor nas buscas.
  • Use imagens: são essenciais para quebrar a monotonia
  • Otimize: procure levar a audiência para algo mais que seu conteúdo; depois de ler seu texto, as pessoas podem ir para algo mais, que pode ser um call to action ou conteúdo adicional. O tráfego é importante, mas não cumpre seu papel se não gerar mais leads.
  • Estabeleça uma meta description: é a primeira chance de encorajar as pessoas a entrarem no seu site, então merece uma atenção maior, dando uma prévia do que será encontrado.
  1. Reconheça a importância de publicações constantes

Não há estabelecimento de uma frequência ideal de publicações, mas é importante não deixar grandes períodos em branco. Publicar constantemente mantém as pessoas interessadas e dá uma razão para que voltem ao seu site.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O Marketing B2B e o Impacto do Coronavírus