Por incrível que pareça, os anúncios em vídeos no Facebook podem ser melhores sem som do que com um áudio! Vamos explicar melhor essa afirmação. Primeiro temos que levar em consideração que tudo no marketing digital deve ser testado e avaliado, não há uma regra definida que serve para todos os setores e segmentos. Cada empresa deve avaliar o que é melhor para sua estratégia de conteúdo digital.

Sobre a questão do som em si, recentemente, o Facebook lançou uma série de recomendações voltadas para ajudar empresas a criar e desenvolver vídeos que não dependam mais de qualquer áudio. A explicação começa com a seguinte constatação: se um vídeo do Facebook começa a tocar inesperadamente com um áudio mais alto do que as pessoas esperam, então é muito provável que a reação de quatro em cada cinco pessoas seja negativa, tanto para a plataforma na qual o vídeo está rolando, quanto para o anúncio, de acordo com o próprio Facebook.

O Facebook defende que os anunciantes comecem a produzir vídeos que não precisem mais de som. Além de não incomodar “sem querer, querendo” o usuário, o conteúdo do vídeo precisa ser produzido de modo a conquistar a atenção do usuário em apenas alguns segundos. De acordo com a pesquisa liberada pelo Facebook e a consultoria Nielsen, quase metade do valor de um vídeo é entregue nos primeiros três segundos. Praticamente 74% do valor de um vídeo de anúncio é entregue para a audiência nos primeiros 10 segundos. Ainda de acordo com o resultado da pesquisa, quatro em cada 10 vídeos de anúncios no Facebook não fazem o menor sentido sem o áudio.

Para ajudar nesse processo, a rede social anunciou que vai lançar nas próximas semanas uma ferramenta que auxiliará anunciantes com um controle automatizado dos vídeos programados, ao invés de adicioná-los individualmente. Outra novidade é que os anunciantes em vídeos do Facebook poderão agora ter acesso a métricas que revelam a porcentagem de usuários que assistem anúncio de vídeo com som.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *